Portal Icó News - Credibilidade é Tudo!

Sexta, 21 de janeiro de 2022
MENU

Ceará

Chuvas registradas até 13 de janeiro no Ceará já superam mês inteiro de 2021

Em todas as macrorregiões do Estado, os acumulados de chuvas dos primeiros 13 dias de 2022 são maiores do que o intervalo mensal do ano passado

33
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

As chuvas de pré-estação registradas nos 13 primeiros dias de 2022 no Ceará já superam o volume observado em todo o mês de janeiro do ano passado. É o que mostra o Calendário de Chuvas, da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Os dados apontam que, até esta quinta-feira, dia 13, a média de pluviometria dos 184 municípios do Estado chegava a 88,1 mm, quase o dobro dos 45,9 mm contabilizados no intervalo mensal do ano anterior.

Como ainda faltam mais de quinze dias para o mês acabar, a expectativa é que o volume de chuvas cresça ainda mais e ultrapasse a normal climatológica prevista para o período (98,7 mm). Segundo a Funceme, o estado apresenta condições favoráveis para a ocorrência de novas precipitações pelo menos até o próximo sábado, 15. As chances de chuvas são válidas para todas as macrorregiões, principalmente o Centro-Sul.

De acordo com o órgão, o cenário é influenciado por sistema meteorológico conhecido como Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), que atua sob a região Nordeste do País desde o começo deste ano. A formação de áreas de instabilidade, além de efeitos locais como temperatura, relevo e umidade também são fatores que podem favorecer a ocorrência de mais chuvas no Estado.

Das oito macrorregiões cearenses, o Maciço do Baturité foi a que teve o começo de ano mais chuvoso, com acumulado parcial de 147 mm. Depois aparecem o Cariri, com 135 mm, e o Litoral de Fortaleza, com 131 mm. Ibiapaba (89 mm), Litoral do Pecém (88 mm), Sertão Central e Inhamuns (77%), Jaguaribana (74 mm) e o Litoral Norte (72 mm) também registraram bons volumes. Em todas as divisões territoriais do Estado, o nível de chuvas registrado até agora já supera todo o mês de janeiro do ano passado.

Fonte/Créditos: O Povo

Créditos (Imagem de capa): Centro Histórico de Icó, Imagem: Redes Sociais

Comentários:

Publicidade
Publicidade

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )